Investir na Croácia

Investir na Croácia torna-se progressivamente aliciante, devido não só à potencialidade dos sectores do turismo, das telecomunicações, agroalimentar e energético, como devido aos fortes incentivos ao emprego, à educação, incentivos fiscais e em áreas de interesse parcial do Estado, como é o caso do ramo tecnológico, dos serviços de elevado valor acrescentado, do turismo e das indústrias em zonas do país não desenvolvidas.

O investimento mínimo é de 150.000 euros, com a abertura de 5 novos postos de trabalho e para micro-empreendedores 50.000 euros com abertura de 3 novos postos de trabalho.

 

Razões para Investir na Croácia

  • Excelente localização e características geográficas;
  • Assinalável potencial humano;
  • Ambiente empresarial favorável;
  • Competitividade de custos;
  • Acessibilidade;
  • Infra-estruturas históricas com grande necessidade de recuperação;
  • Acesso a um mercado com mais de 4,5 milhões de consumidores;
  • Estabilidade económica;
  • Um país seguro;
  • Membro da União Europeia;
  • Qualidade de vida (segundo a Internacional Living, de entre os países com melhor qualidade de vida, a Croácia ocupa a 18ª posição);
  • Um modo de vida que valoriza tanto os aspectos sociais como económicos.