Informação Económica

Após um longo período de recessão, a economia Croata, em 2015, inicia uma época de crescimento progressivo, com um aumento crescente do PIB e consequentemente um incremento das importações e exportações.

Com a entrada na União Europeia, em 2013, a República da Croácia vê-se beneficiada pelo desbloqueio dos fundos estruturais europeus e dos fundos de coesão e pela harmonização das leis nacionais e comunitárias que visam a dinamização da economia nacional através de um forte incentivo ao investimento.

O posicionamento geográfico do país permite o fácil acesso aos mercados vizinhos, fazendo com que os produtos nacionais acedam a um mercado regional de 22 milhões de consumidores

Atualmente, os sectores do mercado croata mais aliciantes são as telecomunicações, os equipamentos médico-farmacêuticos, a energia e o sector agro-alimentar, sem descortinar o sempre atrativo sector do turismo, beneficiado das inúmeras vantagens naturais do país, do seu património cultural e histórico. O Turismo tem desempenhado um papel fulcral na recuperação e modernização económica da Croácia e constitui um dos principais alvos de investimento, dado que o seu forte potencial e margem de exploração.

Com uma relação económica com Portugal com cerca de 25 anos, a Croácia intensifica o elenco de oportunidade ao capital tecnológico, económico e humano português, que se caracteriza pela sua qualidade e excelência.